© Copyright 2012, CESAREIA
Todos os direitos reservados


«Fundo Stegagno Picchio» no Instituto de Santo António em Roma

O ‘Fundo Bibliográfico Luciana Stegagno Picchio’ está agora disponível na biblioteca do Instituto Português de Santo António, em Roma, reforçando a sua oferta “nas áreas de línguas e literaturas lusófonas” com cerca de 14 mil volumes.

Na sessão pública de abertura ao público, no passado dia 16 de Outubro, o reitor do instituto, monsenhor Agostinho da Costa Borges, recordou que a professora, tida como a principal especialista italiana de Estudos Portugueses e Brasileiros, “resistiu a todos os pedidos feitos por várias universidades” tendo decidido “transmitir integralmente por doação testamentária” o seu espólio bibliográfico a esta instituição, um dos símbolos da presença portuguesa na capital italiana.

Numa nota enviada à Agência ECCLESIA, o reitor do instituto informa que, depois de avaliado o acervo, se procedeu à recatalogação completa da colecção que “em breve” vai estar disponível online.

“Já hoje os estudiosos da língua e da cultura de expressão portuguesas têm ao seu dispor, no centro histórico de Roma, uma biblioteca que é incontornável ponto de referência para os estudos lusófonos”, acrescenta.

A colecção foi sendo feita ao longo de mais de meio século na casa de Luciana Stegagno Picchio (1920-2008), quem recebeu do então presidente da República, Mário Soares, o grande colar da Ordem de Sant’iago de Espada pela sua “dedicação à cultura lusófona”.

Notícia: Agência Ecclesia